Efeitos ColateraisSuplementos

DHEA Efeitos Colaterais

Efeitos Colaterais DHEA

De tempos em tempos é comum ouvir sobre um medicamento, suplemento ou hormônio capaz de revolucionar a medicina e a vida das pessoas. A população logo se interessa pelo produto, e começa a fazer o uso cada vez mais frequente, mesmo com poucas informações a respeito. Esse é o caso do DHEA, deidroepiandrosterona, ou hormônio da juventude.

O que é? E para que serve?

O DHEA é um hormônio de ação esteroide anabólica produzido pelas glândulas suprarrenais, capaz de influenciar células e tecidos de todo o organismo. Este hormônio é precursor de outros como testosterona e estradiol e, portanto, acredita-se que seja capaz de melhorar disfunções eréteis e outros problemas relacionados a vida sexual.

Sua liberação durante a vida não é linear, e age no efeito contrário do cortisol, asseverando ser útil para o aumento da síntese proteica e de mecanismos anabólicos, além de melhorar a função insulínica, aumentar a força muscular e reduzir a chance de diagnóstico de doenças degenerativas como a osteoporose; fator que tornou o DHEA famoso entre os praticantes de atividades físicas, que o utilizam como potencializador de resultados.

O DHEA tem sido difundido como benéfico para retardar os sintomas do envelhecimento e prolongar a vida, além de proteger contra o câncer, doenças cardíacas, diabetes e fortalecer o sistema imune. Porém poucos se atentam aos efeitos colaterais trazidos pelo medicamento, e à ausência de comprovação cientificas de todos estes supostos benefícios.

Efeitos Colaterais

Proibido no Brasil pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), o DHEA possui diversos efeitos colaterais confirmados, além de outros que ainda estão sendo estudados, tendo em vista que o fármaco ainda está em processo de testes em muitos lugares.

Por aumentar níveis hormonais o uso de DHEA pode desencadear o aumento de oleosidade na pele acarretando no aumento de acnes, queda de cabelo, insônia, fadiga e congestão nasal, além de palpitações, aumento nos níveis de colesterol e batimento cardíaco rápido e irregular.

O uso de DHEA em mulheres pode ocasionar transtornos menstruais, diminuição da fertilidade e virilização como crescimento de pelos faciais e engrossamento da voz. Em homens o uso do medicamento pode levar a ginecomastia que é o aumento das mamas, sensibilidade nesta área e agressividade.

Alguns estudos apontam o DHEA como potencializador de riscos de câncer de mama e crescimento de tumores na próstata, afirmando ainda, que se o câncer já existir o uso do medicamento pode acelerar o crescimento dos nódulos.

Contraindicações

Este medicamento é contraindicado em casos de diabetes, endometriose, câncer, miomas, problemas hepáticos, depressão, transtornos de humor, colesterol alto, gestação e lactação.

DHEA Efeitos Colaterais
5 (100%) 1 vote
Compartilhe Com Seus Amigos!Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
Tags

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Close
Close