AnticoncepcionaisEfeitos Colaterais

Pílula do dia seguinte Efeitos Colaterais

Efeitos Colaterais Pílula do dia seguinte

Os momentos que antecedem uma relação sexual costumam ser bastante quentes e envolventes, e por vezes fazem com que os parceiros esqueçam de utilizar métodos contraceptivos, a fim de prevenir-se contra doenças sexualmente transmissíveis e uma possível gestação; e é aí, após a relação que muitos passam a se preocupar com isso, buscando soluções emergenciais como a Pílula do dia seguinte.

O que é? E para que serve?

A Pílula do dia seguinte é um método emergencial de contracepção, geralmente utilizado após relações sexuais sem proteção, ou em casos de abuso sexual. O medicamento consiste em uma alta dose de hormônios femininos como a progesterona, e atua evitando o encontro do espermatozoide com o óvulo, geralmente inibindo a ovulação da mulher, evitando assim a fecundação e então a gravidez.

É importante ressaltar que a eficácia da pílula depende do momento em que a mesma é tomada, sendo o prazo máximo de 72 horas após o coito, a recomendação é ingeri-la o quanto antes, para garantir seu funcionamento.

Efeitos colaterais

Por ser uma “bomba” hormonal a Pílula do dia seguinte pode ser prejudicial ao organismo feminino, apresentando efeitos colaterais como dores de cabeça, náuseas, vômito, diarreia e dores no corpo. Se episódios de vomito e/ou diarreia ocorrerem até 2 horas após a ingestão do medicamento um médico deve ser procurado e a pílula ingerida novamente.

Alterações no ciclo menstrual são comuns após o uso da Pílula do dia seguinte, a menstruação pode vir antes ou depois do período previsto, e o fluxo sanguíneo também sofre alterações, podendo ser maior ou menor, dependendo da atuação do medicamento.

Se tomada após a fecundação a pílula pode causar gravidez ectópica, que é a acomodação do óvulo fecundado em outro local que não o útero, geralmente nas trompas, o que pode provocar abortos e sérias complicações para a gestante.

É preciso ter cuidado com a quantidade de vezes que o fármaco é ingerido em curtos períodos de tempo, pois em excesso a pílula pode perder seu efeito e a longo prazo causar dificuldades para próximas gestações e até mesmo infertilidade.

Contraindicações

O uso da pílula do dia seguinte não é recomendado para gestantes, lactantes, pacientes alérgicas a qualquer componente da fórmula ou que sofram de hipertensão ou problemas cardíacos.

Pílula do dia seguinte Efeitos Colaterais
5 (100%) 1 vote
Compartilhe Com Seus Amigos!Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
Tags

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Close
Close