Início Site

Metformina Efeitos Colaterais | Saiba Quais São Os Efeitos Colaterais

Metformina Efeitos Colaterais

Metformina Efeitos Colaterais

A diabete cada vez mais está presente nas vidas dos brasileiro e a Metformina trata-se de um medicamento tradicionalmente utilizado no tratamento e que vem recentemente sendo utilizado para tratar sintomas da Síndrome do Ovário Policístico (SOP). Metformina efeitos colaterais:

O que é? Como Funciona?

A metformina (um derivado da biguanida) é uma medicação antidiabética de uso oral que não estimula a produção de insulina, não tendo por isso ação hipoglicemiante em pessoas sem diabetes.

Efeitos Metformina

Como qualquer outro medicamento a Metformina apresenta alguns efeitos colaterais, sendo eles:

  • Tontura;
  • Diarreia;
  • Náusea;
  • Dor de estômago;
  • Azia;
  • Gases;
  • Gosto metálico na boca;

Contra indicação Metformina

A metformina é uma droga com baixas contra-indicações, mas uma delas é severamente importante por ser uma situação muito frequente em pessoas com diabetes: a insuficiência renal. A metformina não deve ser usada em pacientes que tenham insuficiência renal, pacientes com doença hepática (fígado) grave também não devem ingerir metformina.

Efeitos Colaterais da Quimioterapia

Efeitos Colaterais da Quimioterapia

efeitos colaterais da quimioterapia

A quimioterapia trata muitos tipos de câncer de forma eficaz. Mas, como outros tratamentos, muitas vezes causa efeitos colaterais. Os efeitos colaterais da quimioterapia são diferentes para cada pessoa. Eles dependem do tipo de câncer, localização, drogas e dose, e sua saúde geral.

Por que a quimioterapia causa efeitos colaterais?

A quimioterapia funciona em células ativas. As células ativas são células que estão crescendo e se dividindo em mais do mesmo tipo de célula. Células cancerosas são ativas, mas também algumas células saudáveis. Estes incluem células no sangue, boca, sistema digestivo e folículos pilosos. Os efeitos colaterais acontecem quando a quimioterapia danifica essas células saudáveis.

Os efeitos colaterais podem ser tratados?

Sim. Sua equipe de saúde pode ajudá-lo a prevenir ou tratar muitos efeitos colaterais. Hoje, muitos outros medicamentos estão disponíveis para efeitos colaterais do que no passado. Prevenir e tratar os efeitos colaterais, chamados cuidados paliativos ou cuidados de suporte, é uma parte importante do tratamento do câncer.

Médicos e cientistas trabalham constantemente para desenvolver drogas, combinações de drogas e formas de tratamento com menos efeitos colaterais. Muitos tipos de quimioterapia são mais fáceis de tolerar do que eram há alguns anos atrás.

Efeitos colaterais comuns da quimioterapia

Diferentes drogas causam efeitos colaterais diferentes. Certos tipos de quimioterapia costumam ter efeitos colaterais específicos. Mas a experiência de cada pessoa é diferente.

Informe o seu médico sobre todos os efeitos colaterais que você percebe. Para a maioria dos tipos de quimioterapia, os efeitos colaterais não mostram quão bem o tratamento está funcionando. Mas eles podem para alguns tipos de drogas chamadas terapias direcionadas .

Abaixo está uma lista de efeitos colaterais comuns da quimioterapia tradicional.

1 – Fadiga. Fadiga está se sentindo cansado ou exausto quase o tempo todo. É o efeito colateral mais comum da quimioterapia.

2 – Dor. Quimioterapia às vezes causa dor. Isso pode incluir:

  • Dores de cabeça
  • Dor muscular
  • Dor de estômago
  • Dor causada por danos nos nervos, como queimação, dormência ou dores de tiro, geralmente nos dedos das mãos e pés

A maioria dos tipos de dor relacionada à quimioterapia melhora ou desaparece entre os tratamentos. No entanto, os danos nos nervos muitas vezes pioram com cada dose. Às vezes, quando isso acontece, a droga que causa o dano nervoso precisa ser interrompida. Pode levar meses ou anos para que os danos nos nervos da quimioterapia melhorem ou desapareçam. Em algumas pessoas, nunca desaparece completamente.

O tratamento da dor geralmente difere com base no que está causando isso. É importante conversar com sua equipe de saúde sobre a dor enquanto estiver fazendo quimioterapia. Pode haver outras razões para dor além da quimioterapia, como o próprio câncer. Se a dor estiver relacionada à quimioterapia, os médicos podem tratá-la com:

  • Medicamentos para aliviar a dor
  • Bloqueando sinais de dor dos nervos para o cérebro com tratamentos espinhais ou bloqueios nervosos
  • Ajustando doses de quimioterapia

3 – Feridas na boca e na garganta. A quimioterapia pode danificar as células dentro da boca e garganta. Isso causa feridas dolorosas nessas áreas, uma condição chamada mucosite.

efeitos colaterais da quimioterapia

Feridas na boca geralmente acontecem 5 a 14 dias após o tratamento. As feridas podem ficar infectadas. Comer uma dieta saudável e manter a boca e os dentes limpos pode reduzir o risco de feridas na boca. Feridas na boca geralmente desaparecem completamente quando o tratamento termina.

4 – Diarreia. Algumas quimioterapias causam evacuações soltas ou aquosas. Prevenir a diarreia ou tratar precocemente ajuda a evitar que você fique desidratado (perdendo muito líquido corporal). Também ajuda a prevenir outros problemas de saúde.

5 – Náusea e vomito. A quimioterapia pode causar náusea (sensação de mal-estar no estômago) e vômito (vomitar). Se você tem esses efeitos colaterais, e quanto, depende dos medicamentos específicos e da dose. Os medicamentos certos administrados antes e depois de cada dose de quimioterapia geralmente podem prevenir náuseas e vômitos.

6 – Prisão de ventre. Quimioterapia pode causar constipação. Isso significa não ter um movimento intestinal com freqüência suficiente ou ter evacuações difíceis. Outros medicamentos, como analgésicos, também podem causar constipação. Beber líquidos suficientes, comer refeições balanceadas e fazer exercícios suficientes pode reduzir o risco de constipação.

7 – Doenças sanguíneas. Sua medula óssea é o tecido esponjoso dentro de seus ossos. Faz novas células do sangue. A quimioterapia afeta esse processo, então você pode ter efeitos colaterais por ter poucas células sanguíneas. Normalmente, o número de células sanguíneas volta ao normal após a quimioterapia estar completa. Mas durante o tratamento, um baixo número de células sanguíneas pode causar problemas e deve ser monitorado de perto.

efeitos colaterais da quimioterapia

Sua equipe de saúde usa os seguintes testes para verificar doenças do sangue:

  • Hemograma completo (CBC) – Um  teste de hemograma mostra os níveis de glóbulos vermelhos e glóbulos brancos no sangue.
    • Não há glóbulos vermelhos suficientes causando uma condição chamada anemia. Os sintomas incluem fadiga, tontura e falta de ar.
    • Glóbulos brancos insuficientes causam uma doença chamada leucopenia. Isso aumenta o risco de contrair infecções. Conseguir um quando seus glóbulos brancos estão baixos pode ser grave. Se você contrair uma infecção, precisa de antibióticos o mais rápido possível.
  • Contagem de plaquetas – Este teste mede o número de plaquetas no sangue. As plaquetas são células que param o sangramento. Eles fazem isso conectando os vasos sanguíneos danificados e ajudando os coágulos sanguíneos.
    • Não ter plaquetas suficientes causa uma condição chamada trombocitopenia. Você pode sangrar e machucar mais facilmente do que o normal.

As doses de quimioterapia podem ser ajustadas para minimizar a contagem sanguínea baixa. Drogas também estão disponíveis para tratar esses distúrbios sanguíneos. As drogas ajudam a medula óssea a produzir mais células sanguíneas. Eles podem ajudar a prevenir a leucopenia em pessoas com alto risco.

Efeitos do sistema nervoso. Algumas drogas causam danos nos nervos. Isso pode causar os seguintes sintomas nervosos ou musculares:

  • Formigamento
  • Queimando
  • Fraqueza ou dormência nas mãos, pés ou ambos
  • Músculos fracos, doloridos, cansados ​​ou doloridos
  • Perda de equilíbrio
  • Tremendo ou tremendo

Você também pode ter uma rigidez no pescoço, dor de cabeça ou problemas para ver, ouvir ou andar normalmente. Você pode se sentir desajeitado. Estes sintomas geralmente melhoram com uma dose menor de quimioterapia ou após o tratamento. Mas o dano às vezes é permanente.

Mudanças no pensamento e memória. Algumas pessoas têm dificuldade em pensar claramente e se concentrar após a quimioterapia. Os sobreviventes de câncer geralmente chamam isso de chemobrain. Seu médico pode chamá-lo de alterações cognitivas ou disfunção cognitiva .

8 – Questões sexuais e reprodutivas. Quimioterapia pode afetar sua fertilidade. Para as mulheres, esta é a capacidade de engravidar e ter uma gravidez. Para os homens, a fertilidade é a capacidade de engravidar uma mulher. Estar cansado ou sentir-se doente de câncer ou tratamento também pode afetar sua capacidade de desfrutar do sexo. Converse com seu médico sobre esses possíveis efeitos colaterais antes do início do tratamento.

As mulheres podem precisar de um teste chamado teste de Papanicolau antes de iniciar a quimioterapia. Isso ocorre porque a quimioterapia pode causar resultados enganosos no teste.

A quimioterapia também pode prejudicar o feto, chamado feto. Isto é especialmente verdade nos primeiros 3 meses de gravidez, quando os órgãos ainda estão em desenvolvimento. Se você pudesse engravidar durante o tratamento, use controle de natalidade eficaz. Se você engravidar, informe o seu médico imediatamente.

9 – Perda de apetite. Você pode comer menos que o normal, não sentir fome ou sentir-se cheio depois de comer uma pequena quantidade. Se isso durar através do tratamento, você pode perder peso e não obter a nutrição que você precisa. Você também pode perder massa muscular e força. Todas essas coisas diminuem sua capacidade de se recuperar da quimioterapia.

10 – Perda de cabelo. Alguns tipos de quimioterapia causam queda de cabelo em todo o corpo. Pode sair um pouco de cada vez ou em grandes aglomerados. A perda de cabelo geralmente começa após as primeiras semanas de quimioterapia. Ele tende a aumentar 1 a 2 meses em tratamento. Seu médico pode prever o risco de perda de cabelo com base nos medicamentos e doses que você está recebendo.

11 – Saúde do coração: alguns tipos de quimioterapia podem afetar seu coração. Pode ajudar a verificar seu coração antes do tratamento. Desta forma, os médicos podem dizer se o tratamento causa problemas mais tarde. Um teste comum é um ecocardiograma (eco). Este teste usa ondas de ultra-som para criar uma imagem em movimento do coração.

Efeitos colaterais de longo prazo. A maioria dos efeitos colaterais desaparece após o tratamento. Mas alguns continuam, voltam ou se desenvolvem depois. Por exemplo, alguns tipos de quimioterapia podem causar danos permanentes ao coração, pulmão, fígado, rins ou sistema reprodutivo. E algumas pessoas têm problemas com o pensamento, a concentração e a memória durante meses ou anos após o tratamento.

Alterações no sistema nervoso podem se desenvolver após o tratamento. Crianças que tiveram quimioterapia podem desenvolver efeitos colaterais que acontecem meses ou anos após o tratamento. Estes são chamados efeitos tardios . Sobreviventes de câncer também têm um risco maior de segundo câncer mais tarde na vida.

Efeitos Colaterais Redufite

Efeitos Colaterais do Redufite 

efeitos colaterais do redufite

 

Redufite é natural, e atua principalmente na moderação do apetite e reeducação alimentar, e possui outras propriedades importantes no emagrecimento.

O que dizem sobre o Redufite:

  • “Reduz o apetite: o produto, além de emagrecer, estimulando o corpo a queimar gordura, também libera uma substância que reduz o apetite. Ela funciona enviando rapidamente ao cérebro a informação de saciedade e fornece mais energia e contribui para a rápida definição corporal.
  • Queima de gordura intensificada: os ingredientes da fórmula exclusiva de Redufite contribuem para intensificar a queima de gordura, principalmente na região abdominal. Eles ainda combatem o colesterol ruim.
  • Composição 100% natural: o produto é composto por Goji Berry, cafeína (do guaraná), chá verde, vitamina B6, B12 e óleo de cártamo.”

Fonte: NaturalSuplementos

Efeitos colaterais dos termogênicos 

Sem passar por uma avaliação profissional, o termogênico faz mal pois pode ser consumido em horários, composições e quantidades erradas, trazendo à tona problemas de saúde. A maioria deles está relacionada ao aumento da pressão arterial e da frequência cardíaca.

efeitos colaterais redufite

  • Pressão alta
  • Taquicardia e arritmia
  • Dor de cabeça
  • Úlcera no estômago
  • Insônia
  • Tremores
  • Alterações de humor
  • Resistência aos termogênicos

Composição Redufite

Redufite é composto de Óleo de Cártamo, Óleo de Coco, Óleo de Chia, Vitamina E e Picolinato de Cromo.

Lembre-se: sempre consulte seu médico antes de ingerir qualquer tipo de medicamento!

 

Efeitos Colaterais do Zinedrin

Efeitos Colaterais do ZINEDRIN | Não compre antes de ler este artigo!

efeitos colaterais zinedrin

 

Muitos brasileiros sofrem com excesso de peso, e para dar uma ajudinha na hora de deixar uns quilinhos para trás contam com a ajuda de remédios para emagrecer. O Zinedrin está fazendo muito sucesso atualmente no Brasil, então vamos lhes contar quais são os efeitos colaterais do Zinedrin!

ZINEDRIN é feito em  cápsulas que possuem em sua formulação um componente ativo que auxilia no aumento da oxidação de gorduras e na elevação da taxa metabólica basal, que é a velocidade com que o corpo queima calorias.

ZINEDRIN Como tomar:

Pode ser usado por homens e mulheres, de preferência no horário da manhã ou da tarde. Por ser uma fórmula altamente concentrada, não deve exceder mais que 1 cápsula ao dia e não é recomendado ingerir algumas horas antes de dormir. Embalado em cartelas para evitar a oxidação dos componentes ativos, e com isso a perda da eficácia.

Zinedrin não precisa de bula nem receita, pois não é considerado remédio. Qualquer um pode tomar, menos menores de 18 anos.

Efeitos colaterais do Zinedrin:

As reações adversas mais comuns são:

  • Insônia
  • Sonolência
  • Tontura
  • Dor de cabeça
  • Diarreia
  • Boca seca
  • Náusea (enjoo)
  • Distúrbios da ejaculação
  • Fadiga (cansaço).

Sempre tome cuidado ao ingerir quaisquer medicamentos!

Melatonina Efeitos Colaterais | Tudo Sobre os Efeitos da Melatonina

Melatonina Efeitos Colaterais

          Melatonina Efeitos Colaterais

Melatonina é um hormônio que é produzido pelo corpo humano naturalmente então seus efeitos colaterais são baseados na quantidade ingerida, e uma de suas funções mais básicas é a indução ao sono. Além disso, ela também está relacionada com a regulação do metabolismo ao longo do dia a dia, o que inclui os períodos em que a pessoa estaria acordada ou dormindo.

A melatonina não tem sua venda liberada no Brasil pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). Mas ela pode ser importada se você tiver em mãos uma receita médica. O produto tópico feito em farmácias de manipulação já foi liberado para comercialização com receita médica. Os efeitos colaterais da melatonina geralmente só são sentidos quando se utiliza doses altas demais, algo acima de 10 mg dia.

Efeitos Colaterais da Melatonina

  • Fadiga;
  • Baixa acuidade visual;
  • Falta de concentração;
  • Arritmia cardíaca;
  • Agravamento da depressão, em indivíduos deprimidos;
  • Inibe a absorção de cálcio, favorecendo a osteoporose;
  • Aumenta a quantidade de estrogênio na mulher;
  • Diarreia;
  • Dor de cabeça;

A intensidade dos efeitos colaterais vai depender da quantidade de melatonina consumida pelo usuário, pois é uma substancia a qual nosso corpo já é acostumado, por isso quanto maior a dose, maiores serão os riscos de sofrer com algum tipo de efeito colateral. A melatonina é um hormônio naturalmente produzido pelo corpo mas que pode ser encontrado na forma de suplemento alimentar para melhorar a qualidade do sono.

Finasterida Efeitos Colaterais | Veja os Efeitos Colaterais da Finasterida

Finasterida Efeitos Colaterais

              Finasterida Efeitos Colaterais

Assim como outro qualquer medicamento, a finasterida tem sim seus efeitos colaterais. Você pode apresentar desde alguns efeitos psicológicos ou até mesmo nenhum deles. São reações adversas no início do tratamento e também ao longo prazo. Hoje vamos falar sobre os efeitos colaterais da finasterida 1mg (utilizada para calvície).

Efeitos da Finasterida

A finasterida é capaz de reduzir a progressão da queda de cabelo (fazer com que a calvície avance mais devagar ou mais tarde que o normal) e permitir que alguns dos folículos que estavam em processo de miniaturização se recuperem, o que pode aumentar o número de fios aparentes e ajudar a preencher melhor as áreas calvas.

Os efeitos colaterais da finasterida são:

  • Impotência/Diminuição na libido/Fertilidade;
  • Diminuição na quantidade de esperma;
  • Ginecomastia;
  • Dor nos testículos;
  • Problemas ejaculatórios;
  • Problemas de orgasmo;
  • Falta de apetite sexual;
  • Problemas psicológicos;
  • Infertilidade;

Efeitos Finasterida ao longo prazo

Ao se fazer o uso prolongado da finasterida poderá ser apresentado problemas no fígado, apesar de ser muito raro e normalmente o paciente já tinha o fígado comprometido. Por isso os médicos pedem que a cada seis meses seja feito um exame no fígado.

Efeitos Colaterais Finasterida | Finalizando

Esse foi nosso artigo dos efeitos do finasterida, esperamos que tenham curtido o artigo, deixem abaixo seus comentários e sua experiência com o uso da Finasterida, se houve algum efeito colateral proveniente do uso, se sim quais foram?